Experimentando-me


Eu era mais uma na multidão que procurava saber quem era de verdade, o desencontro dentro de mim é inevitável, tinha medo de ter nascido; logo eu, que enfrento a vida com tanta coragem... Parada aqui em frente à janela peço constantemente um pouco de mim, e o meu coração sarcástico rir. Pode não parecer mais eu desprezo o resto do mundo. Eu observo todas essas pessoas ali em baixo, podem ter vivido por algum tempo, duvido que já pensaram em algo profundo. Estou aqui, em busca de respostas, mas em certos momentos n
em eu gostaria de saber certas coisas sobre mim, talvez isso me amedronte demais. Sinto como se houvesse um ser dentro de mim, esse ser que vive dentro de mim é ausente por fora, e só o vejo através de um lápis e um papel, quando escrevo é que vejo o que apenas sinto e é na calada da noite que sempre nos encontramos, exatamente como nesse momento. É preciso que eu me cale por instantes e que eu feche meus olhos para que tudo o que eu não sou exteriormente desapareça para dar lugar ou ser invisível que sou. E eu ainda procuro um amor, mas o amor que eu procuro é diferente dos "eus". Quero um amor de você dentro de mim...

17 Pessoas confessaram Amor Verdadeiro:

Camila. disse...

Texto lindo Tay , boa sorte no BLQ!
E obrigado por seguir meu blog novo :D
bjs.

Bruno Sayss disse...

Caraca, Que tapa "nem eu gostaria de saber certas coisas sobre mim" mas é verdade tem horas que não suportamos nos conheçer, pq sabemos que somos a pessoa que mais odiamos...

Moara Ribeiro disse...

'...feche meus olhos para que tudo o que eu não sou exteriormente desapareça para dar lugar ou ser invisível que sou' que lindo, sem noção do quanto gostei desse texto *-*

Nanda disse...

Tem momentos que gostaria de não ouvir o que eu penso, as vezes eu estrago tudo, por pensar demais.

Amei!

beijos

Lettys M. disse...

Texto lindo *.*
parabéns (:
passa lá no blog ?
milbeijs :*

Jaqueline Jesus disse...

Tão profundo e intenso *-*
lindo Tay :D
adoreei!
Boa sorte com o texto ;)
beijos linda

Felipe disse...

Gostei.
Quem de nós não tem dúvidas sobre nós mesmos?
E quando descobre tudo, tem vontade de esconder algo? Sáo inúmeras perguntas que nos deixam assim.
E no final só queremos um amor.

Nossa esse meu comentário nada a ver.

Rodolpho Padovani disse...

Conhecer a si mesmo é uma busca que nem sempre traz todas as respostas, aliás, as perguntas mudam constantemente... e o amor vem, quando a gente menos espera...

Bjs =)

Srt . Vasconcelos disse...

Tudo muito lindo, desde a primeira até a ultima palavra.

Fernando Lago disse...

Muito lindo, Tay! Como sempre, aliás.

Sou um sujeito demasiado lento, sabe. Mas meu pensamento é rápido e penso muitas coisas por segundo... E, num segundo, não consigo evitar de pensar certas coisas... Terrível, não é? Igual a você, tenho certas coisas sobre mim que eu escondo de mim mesmo. Só eu sei e não revelo a mim... E fica nesta briga aqui dentro: Eu X Eu. Ninguém ganha e eu saio perdedor...

Pensamentos, pensamentos... E fuga de pensamentos! Acho que é isso que nos leva a consolarmo-nos nas letras...

Me identifiquei muito com seu texto, Tay!
Beijo, escritora mais linda! *-*

Leticía Gomes disse...

aah que medo. acabei de postar um texto que tinha uma última frase quase igual a sua ultimaa.
hihi

eu amei, de verdade. ficou muito introspectivo, meu tipo preferido de literatura.

Marcelo Teixeira disse...

Extremamente poética essa menina, palavras que nos fazem viver uma experiência singular conosco, refletir aquilo que não haviamos refletido antes... etc..... vc já tá cheia de fã e de admirador falando belas palavras rsrsrs
Parabéns pelo seu blog, to me apaixonando, por ele... rs
Beijos

Marcelo Teixeira disse...

Extremamente poética essa menina, palavras que nos fazem viver uma experiência singular conosco, refletir aquilo que não haviamos refletido antes... etc..... vc já tá cheia de fã e de admirador falando belas palavras rsrsrs
Parabéns pelo seu blog, to me apaixonando, por ele... rs
Beijos

Lys Fernanda disse...

Mas que liindo texto. Voce se expressa muito bem, tem uma escrita muy rica. Eu adoorei este texto e acredito que nao seja o primeiro. *-*

Aline disse...

Pensar faz bem. Pensar demais quase sempre traz sofrimento e lembranças doloridas... Experiência própria! Beeijo

jefhcardoso disse...

É bom ficar só para refletir o que realmente busca.
Jefhcardoso do http://jefhcardoso.blogspot.com

Giovanna disse...

ameei :D lindo lindo

Postar um comentário